terça-feira, 14 de fevereiro de 2006

Lula 10 pontos na frente de Serra

Pesquisa CNT/Sensus que será divulgada nesta terça informa que o presidente Lula virou o jogo e já aparece 10 pontos à frente do prefeito de São Paulo, José Serra, num hipotético segundo turno.
A notícia que foi antecipada pelo Jornal da Bandeirantes informa que o presidente, que na última pesquisa estava quatro pontos atrás do tucano, recuperou-se e agora vence com folga.
A pesquisa CNT/Sensus ouviu 2 mil pessoas em 195 municípios, entre 6 e 9 de fevereiro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.
Os detalhes e o resultado oficial da pesquisa serão divulgados nesta terça, às 11 horas da manhã, na sede da CNT.

Um comentário:

  1. Anônimo14.2.06

    PARA PFL, INVESTIGAÇÃO SOBRE FURNAS "É ILEGAL"

    Jailton de Carvalho, Adriana Vasconcelos e Alan Gripp

    BRASÍLIA. O lobista Nilton Monteiro está disposto a fazer novas revelações sobre o engenheiro Dimas Toledo e o suposto caixa dois criado a partir de Furnas para financiar políticos do PSDB e PFL, entre outros partidos. Ele disse que quer ser chamado para depor na CPI dos Correios e aceita até mesmo se submeter a uma acareação com Toledo. Foi Monteiro que entregou à Polícia Federal cópia autenticada da lista de políticos da oposição que teriam recebido doações desse esquema.

    Monteiro promete falar sobre tráfico de influência, fraude em licitações e transações suspeitas com corretoras e outras irregularidades envolvendo Dimas Toledo, que foi diretor de Planejamento em Furnas.

    — Quero ir à CPI e falar tudo. Se quiserem, vou para uma acareação (com Toledo) — disse Monteiro, depois de mais um depoimento prestado ao Ministério Público, em Minas Gerais.

    Para Tasso, Bastos precisa explicar as investigações

    Monteiro disse que alguns políticos alvos de suas denúncias e setores da imprensa tentam desacreditar suas acusações. Mas afirmou que pretende comprovar as denúncias apresentadas à Polícia Federal e ao Ministério Público.

    A oposição rejeita a idéia de marcar logo o depoimento de Monteiro na CPI dos Correios, defendida pelo PT. O requerimento de convocação já foi aprovado há meses. Se os petistas insistirem neste depoimento, PFL e PSDB anunciaram ontem que vão aprovar o requerimento de convocação do ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.

    — Se decidirem antecipar o depoimento de um pseudo-chantagista, a convocação do ministro da Justiça será inevitável. E podem estar certos de que vamos encaminhar o requerimento no foro onde tivermos maioria. Não vamos votar para perder — avisou o líder do PFL no Senado, Agripino Maia (RN), referindo-se à CPI dos Bingos.

    O presidente do PSDB, Tasso Jereissati (CE), apoiou a convocação de Bastos:

    — O ministro tem de esclarecer o que a Polícia Federal está investigando. Como essa lista inclui nomes de parlamentares, o processo teria de ser remetido ao Supremo Tribunal Federal. Caso contrário, trata-se de uma investigação ilegal .

    Ministro afirma que não pode “avançar o sinal”

    O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), discorda:

    — Não acho que seja necessário agora, mas não descarto convocar depois. Fazer isso agora é guerra — disse Serraglio.

    O ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, afirmou ontem em São Paulo que irá à CPI dos Bingos com prazer, mas que nada tem a dizer sobre a lista de Furnas.

    — Vou com muita honra à CPI. Mas é claro que não posso avançar o sinal. Não posso antecipar nenhuma conclusão da Polícia — disse Bastos.

    (Colaborou Tatiana Farah, especial para O GLOBO)

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.