sexta-feira, 3 de fevereiro de 2006

Okamoto faz escola

SebraePaulo Okamoto, o Amigão, aquele que pagou uma pendura de quase R$ 30 mil do presidente Lula com o PT, foi pego com a boca na botija em mais uma ação de caridade.
O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou a suspensão de repasses de recursos do Sebrae - que tem Okamoto como presidente - para o Instituto da Cidadania, ONG que tem Okamoto em seu conselho fiscal. Total dos repasses, segundo o TCU: R$ 1,7 milhão.
Okamoto não vê problema no caso. Para ele não há nada de estranho no fato de ele estar numa ponta contribuindo e em outra recebendo a contribuição:
- No Sebrae, a tarefa de liberar recursos não é do presidente, mas da diretoria.
Pelo visto, Okamoto fez escola e a diretoria do Sebrae agiu como ele: adiantou o lado do seu presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.