terça-feira, 29 de março de 2016

O Flautista de PMDBlin. Ou 'A saída dos ratos'

Dizem que, ao pressentirem um naufrágio, os ratos tratam de abandonar o barco.

Mas, às vezes, os ratos se enganam e - nos versos de Lupiscínio Rodrigues - "vão ao inferno à procura de luz". Que fiquem por lá.






Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado