quinta-feira, 28 de abril de 2016

Prêmio Nobel da Paz faz no Senado o que Dilma não fez na ONU: denuncia o golpe




Prêmio Nobel da Paz, o argentino Adolfo Pérez Esquivel aproveitou a oportunidade de falar aos senadores e ao povo brasileiro na tribuna do Senado para chamar de golpe aquilo que tentam enfiar goela abaixo como impeachment [veja vídeo abaixo].

Não era o local adequado, nem o que esperavam dele. Mas era o que ele tinha a dizer e aquela a única chance de fazê-lo. E ele não a perdeu. Mesmo desagradando a muitos senadores, especialmente aos golpistas.

A presidenta Dilma também teve sua oportunidade de denunciar ao mundo o golpe, em seu pronunciamento na ONU. Mas optou por não fazê-lo.

Ao silenciar sobre o golpe na ONU, a presidenta não foi "inconveniente" como Esquivel e fez a alegria dos golpistas.

Ao fim, parafraseando Rimbaud, vai poder declamar:

Inútil beleza
A tudo rendida,
Por delicadeza republicanismo
Perdi minha vida




Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado