domingo, 12 de junho de 2016

Dia dos Namorados: Um mês de governo golpista Temer-Cunha



Eles são indissociáveis. Inseparáveis. Temer não seria presidente se não fosse Cunha. Não se manteria presidente sem o silêncio de Cunha.

No Dia dos Namorados completam um mês no poder.

O beijo do golpe da dupla conspiradora-usurpadora.

Beijo da morte da democracia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.