sábado, 19 de novembro de 2016

Nomeação de Roberto Freire para a Cultura é como a de Serra para Relações Exteriores - por incompatibilidade




São duas indicações que só se explicam pela absoluta incompetência de Fora Temer. Uma pessoa emburrada, mal humorada, com sérios problemas de relacionamento como José Serra ser indicado para o ministério das Relações Exteriores é tão fora da real como a agora nomeação de Roberto Freire, que nada tem a ver com a Cultura e os produtores culturais, para o Ministério da Cultura.

São incompatibilidades tão grandes como a de Fora Temer para o cargo que ocupa por golpe.

Um comentário:

  1. Anônimo19.11.16

    É o (des)governo de transição. PMDB - PSDB. O PSDB entra com seus laranjas com medo da batata esquentar.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.