segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Ungarettiando com a SuperLua: La Luna. M'Illumino d'Immenso




* Este breve e belíssimo poema do italiano Giuseppe Ungaretti se chama, em realidade, "Mattina". Troquei para a Lua para homenagear a SuperLua que não pude ver, já que chove sem parar aqui no Rio.
Para apreciar o efeito de maravilhamento que a leitura (ainda que interior e silenciosa) do poema provoca, lembre-se, ou saiba, que em italiano "illumina" é proparoxítona: Milúmino dimmenso.
Para uma imagem da SuperLua tirada no Brasil, sugiro esta aqui do meu amigo Altino Machado, acreano matando cobra hoje em Cascavel, PR, de onde bateu a foto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado