quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Mulher de Moro desativa página do juiz no Facebook, após depoimento de Tacla Durán na CPI. Coincidência?

Print anunciando o fim da página de Moro no Facebook


Publiquei aqui ainda outro dia que o depoimento de Tacla Durán à CPI da JBS seria o início do fim da Lava Jato.

Pelo menos o fim da página do juiz, "Eu Moro com ele", administrada por sua mulher, Rosângela Moro, ela parece ter provocado. Afinal, é muita coincidência uma página com milhões de seguidores anunciar seu fim pouco após o demolidor depoimento, com provas, de Tacla Durán.

Durán reafirmou tudo o que já havia falado aos deputados Paulo Pimenta e Wadih Damous na Espanha, e que publicamos aqui. E ofereceu aos membros da CPI comprovantes de todas as afirmações, com perícia realizada na Espanha.

O pedido de dinheiro, por fora, pelo padrinho de casamento de Moro. 5 milhões de dólares (e não reais, como publiquei aqui outro dia).

Agora, a CPI deve ouvir o padrinho de Moro, Carlos Zucolloto.

Moro, que, quando o nome de seu padrinho foi citado por Tacla Durán da primeira vez, correu em sua defesa, nunca mais fez o mesmo.

E até sua página saiu do ar para não ter que responder às acusações contra o padrinho e até contra sua mulher, Rosângela, que também recebeu dinheiro de Tacla Durán, conforme documento da Receita Federal do Brasil.

Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado