domingo, 14 de janeiro de 2018

Banco Mundial divulgou dados falsos sobre o Chile durante 5 anos, prejudicando o país, o governo Bachelet e favorecendo vitória do direitista Piñera

Trecho de reportagem de jornal chileno mostrando uso político de Piñera dos dados do Banco Mundial

Se o jornalismo brasileiro da mídia corporativa não fosse golpista e manipulador como é, estaria na primeira página de todos eles a notícia de que o Banco Mundial divulgou números falsos e negativos sobre a economia chilena durante o período de 2014 até agora do governo da presidente Bachelet, prejudicando o país e afetando a popularidade da presidente e de seu grupo, o que acabou favorecendo a vitória do milionário direitista Piñera nas eleições presidenciais do ano passado.

No entanto, a notícia não está na primeira página de nenhum dos jornalões: Globo, Folha, Estadão.

Só para dar uma ideia do estrago, "a posição do Chile no ranking de competitividade caiu do 33º lugar em 2015 para 120º um ano depois, pelas mudanças constantes na forma de medir o índice, e não pelas medidas econômicas adotadas pelo governo chileno" (Fonte: Folha]

As informações "equivocadas" do Banco Mundial eram uma responsabilidade do diretor do Banco Mundial, o chileno (coincidência, não?) Augusto López-Claros.

Piñera se aproveitou disso para atacar o governo e se cacifar, como mostra esta imagem com postagens em seu Twitter.

twitter de Piñera citando o banco Mundial

Como fica a legitimidade de sua vitória depois disso?


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado