segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Presidente do TRF4, Moro e procuradores tocam fogo no circo e agora se apresentam como bombeiros




O presidente do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores vai se encontrar hoje pela manhã com a presidente do STF, ministra Carmén Lúcia, e à tarde com a Procuradora-Geral Raquel Dodge. Na pauta dos dois encontros a preocupação de Flores com o julgamento de Lula no dia 24 próximo.

Antes, o desembargador já havia se encontrado com lideranças petistas, segundo ele, preocupado com possíveis distúrbios no dia do julgamento.

Age agora como bombeiro, quando até o momento agiram como incendiários, desde o início do processo contra Lula, tocando fogo no país, com o uso abusivo da mídia corporativa em apoio ao lawfare contra Lula.

Moro, desde o início dizia que a mídia era fundamental para o sucesso da Lava Jato e procurou o tempo todo, com o auxílio luxuoso dos procuradores de deus e da mídia corporativa, incendiar o país contra Lula. Só para recordar:

  1. a condução coercitiva de Lula
  2. a divulgação do áudio da conversa da então presidenta Dilma com Lula, que foi considerada ilegal pelo ministro do STF relator do caso na época Teori Zavascki
  3. a divulgação de conversa privada da falecida dona Marisa Letícia com o filho
  4. o famoso powerpoint de Dallagnol e seus procuradores de deus, em que acusavam Lula de ser o chefe de uma organização criminosa, sem no entanto acusá-lo formalmente disso na ação proposta, o que demonstra que o objetivo era apenas gerar mídia e incendiar o país
  5. etc.

O próprio desembargador e presidente do TRF4 deu declaração ao Jornal Nacional (vídeo acima) elogiando a sentença de Moro. Com que objetivo senão desacreditar a defesa de Lula e todos os inúmeros juízes, advogados (do Brasil e do exterior) que acusam o processo contra Lula de ser abusivo e em muitos aspectos ilegal?

Agir agora como bombeiros é fazer uso da frase famosa atribuída ao irlandês Oscar Wilde, que dizia que a hipocrisia é a homenagem que o vício presta à virtude.

O que Lula e todos os que o apoiam pedem desde o início é Justiça. Que se prove a culpa dele, se for o caso, e que aí ele possa ser condenado.

Os que incendeiam o país é que têm objetivo de tumultuar o processo para esconder que, como no caso do Powerpoint, as acusações são apenas fumaça, sem fundamento nem provas, e a condenação um absurdo jurídico, que está sendo acompanhado e condenado pelo mundo.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado