terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Se Lula fosse juiz e não o maior presidente da história do Brasil, teria sido absolvido, receberia o triplex de presente e ainda ganharia auxílio-moradia, como Bretas



Alguém tem alguma dúvida disto? Juízes são os novos mandatários da capitania hereditária Brasil. Um já mandou prender porque não foi chamado de excelência. Outro, agora, faz pouco caso da opinião pública, quando pede na Justiça pagamento duplo de auxílio moradia, já que é casado com uma também juíza, o que é declaradamente ilegal, segundo o Conselho Nacional de Justiça (ver imagem acima, com detalhe em azul).

O juiz autor do pedido, Marcelo Bretas, é o genérico do juiz Moro no Rio de Janeiro e mostra a moral totalmente particular dos novos heróis da mídia.


Pois é, Bretas foi à Justiça com seu pedido ilegal... e ganhou! O que não é nada estranho, já que um dos juízes que iria julgar sua ação se declarou impedido por ter feito pedido igualzinho anteriormente, também com sucesso.

Ou seja, leis são para serem utilizadas contra todos nós que não pertencemos à casta do Judiciário. Por isso, não tenho dúvida de que se Lula fosse juiz e não o maior presidente da história do Brasil, teria sido absolvido, receberia o triplex de presente e ainda ganharia auxílio-moradia, como Bretas.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Um comentário:

  1. VIVEMOS SOB A NOVA LEI. A LEI QUE ENSINA QUE PROVAS NÃO VÊM AO CASO, MAS BILHETES DE PEDÁGIO COMPROVAM PROPINAS.
    > https://gustavohorta.wordpress.com/2018/01/30/vivemos-sob-a-nova-lei-a-lei-que-ensina-que-provas-nao-vem-ao-caso-mas-bilhetes-de-pedagio-comprovam-propinas/


    ...Uma histórica despolitização impede à maior parte da população compreender que o Brasil está sob um golpe de Estado, à mercê de uma elite apátrida, cujo único projeto de País é ser colônia. A internacionalmente denunciada perseguição a Lula é apenas um dos problemas a se enfrentar. A camarilha Temer quer aprovar a reforma da Previdência, ainda em fevereiro. Portanto, em 20 dias, um sistema previdenciário superavitário, único no mundo e patrimônio dos brasileiros, deverá ser entregue ao capital financeiro, caso a população não reaja e impeça esse crime de lesa-pátria.Desde as primeiras medidas do golpe, de 2016, Temer e seu bando atentam conta a Previdência, mesmo que indiretamente. A EC 95 asfixia investimentos no desenvolvimento do Estado, por 20 anos, que deixará de abrir obras e gerar empregos. Aprovada em 2017, a reforma trabalhista ...

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado