sábado, 13 de outubro de 2018

Manifestações de ódio no Brasil são estimuladas por Bolsonaro há quase 30 anos

Reprodução demanchete da imprensa com ataques de correligionários de Bolsonaro

São incontáveis as manifestações de ódio do deputado Jair Bolsonaro ao longo de toda sua vida política. Nos seus quase 30 anos como político profissional (sim, ele é político profissional e acha o negócio tão bom que arrumou para os filhos seguirem a carreira dele), 20 deles no partido mais corrupto do Brasil, o PP, de Paulo Maluf, Bolsonaro deu declarações contra os direitos dos negros, homossexuais, minorias; atacou as mulheres vítimas de estupro, defendeu a tortura e elogiou na Câmara o torturador Brilhante Ustra - único brasileiro condenado pela Justiça como torturador, até hoje.  

A cada momento se tem notícia de um novo ataque de apoiadores de Bolsonaro contra mulheres, negros, homossexuais. Já são mais de 70, até o momento em que escrevo esta nota, nos últimos dias.  

Como ele pode querer tirar o corpo fora agora e dizer que é contra o que sempre pregou, como, por exemplo, a cura gay através da porrada pelo pai no filho homossexual?  

O Brasil sabe há muito tempo quem é Bolsonaro e os que votam nele ou se omitem, não votando ou votando em branco ou nulo, que podem vir a permitir sua eleição à presidência do Brasil, não vão poder alegar depois que não sabiam quem estavam elegendo.  

Só há uma forma de combater o fascista, respeitando a democracia, é votando #Haddad13.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado