quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Wall Street ataca #MeToo e aconselha homens a evitar mulheres no trabalho para fugir de acusações de assédio e estupro

Menina e touro de Wall Street

No more dinners with female colleagues. Don’t sit next to them on flights. Book hotel rooms on different floors. Avoid one-on-one meetings.
In fact, as a wealth adviser put it, just hiring a woman these days is “an unknown risk.” What if she took something he said the wrong way? [Fonte: Bloomberg]

O recado não poderia ser mais claro. Evitar as mulheres: em jantares, nos aviões, nos hotéis. Nada de reuniões com apenas um homem e uma mulher. Isolá-las.

São as novas regras de Wall Street em resposta ao #MeToo, movimento das mulheres que denunciaram assédio moral, sexual e estupro no trabalho.

Com as regras, as mulheres são punidas, porque vão perder oportunidades de crescimento nas empresas, e até mesmo de contratação - quem vai trazer um "problema" pra dentro do escritório?

Mas, pergunto, não seria mais fácil, direto e produtivo aconselhar os homens a não assediá-las ou estuprá-las, simplesmente?


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda. Se o blog é relevante para você, considere apoiá-lo com uma assinatura. Apenas R$10

Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado