sábado, 20 de abril de 2019

Obedecendo ao governador do Rio, sniper da polícia mirou na cabecinha... e matou um inocente

Witzel: a policia vai mirar na cabecinha

O governador do Rio Wilson Witzel é, além de uma figura controvertida, uma personagem exótica. Para que o leitor que não é do Rio entenda o que quero dizer, faço a seguinte pergunta: Você sabe quem é Witzel?

Pois é, no Rio também ninguém sabia ou havia ouvido falar em Witzel, até que ele fosse eleito governador do estado, com o mesmo esquema de milhões de disparos de fake news e mensagens de WhatsApp, via células evangélicas, que elegeu (mediante fraude) Bolsonaro presidente e seus filhos senador e deputado.

Uma das promessas de campanha de Witzel foi que, em seu governo, atiradores de elite (snipers) mirariam e atirariam "na cabecinha" (ele frisava) de suspeitos que portassem fuzis (ou furadeiras e armas de pressão, como já ocorreu, "por engano").

Detalhe estranho é que Witzel era juiz até outro dia, e não de futebol, mas de Direito mesmo, e é exótico um juiz pregar abertamente a eliminação de alguém num país onde não existe, pelo menos oficialmente, a pena de morte.

Mas, dei essa volta toda (chamada de nariz de cera antigamente), para chegar ao ponto do título da postagem.

Laudo da autópsia do Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro, confirmou que um homem foi abatido por um sniper em Manguinhos, zona norte do Rio.

Detalhe: a vítima era ficha limpa e trabalhava como porteiro na Fundação Oswaldo Cruz.

Segundo moradores do local, tiros vindos da torre do alto da Cidade da Polícia são comuns e alguns minutos antes do que executou o porteiro Rômulo Oliveira da Silva, de 37 anos, outro havia ferido um pedreiro, que felizmente sobreviveu.

A morte e o ferimento estão sendo investigados pela mesma polícia que pode ter atirado, sob comando de um governador que defende impunemente ato criminoso.

É o novo Brasil da arminha.

Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado