domingo, 25 de agosto de 2019

Domingo com Música. Jimi Hendrix e a mais contundente crítica à guerra do Vietnam. Woodstock, 69

Jimi Hendrix em Woodstock


Em sua apresentação no Festival de Woodstock, Jimi Hendrix desconstrói o hino do país


Na manhã do último dia do histórico Festival de Woodstock, em 18 de agosto de 1969 — portanto, há 50 anos e uma semana hoje, Jimi Hendrix protesta contra a guerra e a participação dos Estados Unidos nela, desconstruindo o hino, o intercalando com sons que lembram metralhadoras e bombas sendo lançadas, e gritos, e um lamento de fundo, numa apresentação inesquecível, que, evidentemente, provocou furor nos conservadores dos EUA.

Era uma segunda-feira, e Jimi era a última atração da noite de domingo, que também era a última do Festival. Boa parte do público já havia se retirado e apenas umas 200 mil pessoas assistiram ao vivo a apresentação de Hendrix, uma crítica à guerra, bem no clima peace and love, paz e amor, de Woodstock.

Como curiosidade, há no final do vídeo uma entrevista de Hendrix a um programa na época falando sobre a apresentação. Divirta-se.

Bom domingo.




Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado