segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Escolha de Bolsonaro, vacina AstraZeneca-Oxford sofre restrições em várias partes do mundo


Não bastassem a incompetência e a desumanidade, Bolsonaro tem o famoso dedo podre: onde põe a mão dá ruim. Candidatos que ele apoia são sucessivamente derrotados, como Macri, na Argentina, e Trump, nos EUA.
 
Até com sua escolha pela vacina da AstraZeneca-Oxford Bolsonaro lançou sua maldição. Mal escolheu a vacina e fez o general Cloroquina encomendar 100 milhões de doses para o Brasil, começaram os problemas. Primeiro com o resultado dos testes, que foram reprovados por erro em sua aplicação e números conflitantes.
 
Agora, com a limitação de sua aplicação em boa parte do mundo, que vem rejeitando a vacina para menores de 18 e maiores de 65 anos.
 
França só aplica a vacina da AstraZeneca no grupo entre 18 e 65 anos. Portugal decidiu hoje, dia 8, desaconselhar a AstraZeneca para maiores de 65 anos, a menos que seja a única disponível.
Segundo a BBC, outros países tomaram decisões semelhantes. Alemanha, Áustria, Suécia, Noruega, Dinamarca, Holanda, Polônia só recomendam a vacina da AstraZeneca a menores de 65 anos, como a França, já a Itália e a Bélgica, como Espanha, definiram os 55 anos como idade limite.

Fora da União Europeia, na Suíça, a vacina desenvolvida em Oxford não foi sequer aprovada. As autoridades de saúde consideraram que não havia evidência suficiente da sua eficácia. [Observador]


No Brasil, a vacina está sendo fornecida sem restrição até a idosos com muito mais do que 65 anos, quando sua eficácia não foi comprovada neste grupo (grifo, porque a vacina é segura e eficiente dos 18 aos 65 anos).

Espero que os novos estudos concluam pela eficácia da vacina AstraZeneca também nos idosos, ou eles terão que ser vacinados novamente mais adiante com outro imunizante.

Até quando faz a coisa certa (comprar vacina), Bolsonaro erra. E, no entanto, já lhe foram oferecidas as vacinas Pfizer, Moderna e Sputnik, comprovadamente seguras em todas as faixas, sem que o governo trate de adquiri-las.

Volto a repetir para deixar claro: Não é que a vacina AstraZeneca-Oxford não seja eficaz para maiores de 65 anos. É que ela não tem sua eficácia comprovada nessa faixa, ou seja pode ser eficaz ou não. Mas, como decidiu o órgão regulador de Portugal, se for a única disponível, que seja usada. Em bom português brasileiro: se não tem tu vai tu mesmo.




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.