sábado, 14 de maio de 2016

Na calada da sexta-feira, 13, Câmara decide que Cunha tem direito a residência oficial, assessores, segurança e transporte




Valeram as pressões do deputado afastado Eduardo Cunha e a Mesa da Câmara decidiu que ele continua com direito às mordomias, enquanto a Papuda não vem - se é que ela virá, com tanta gente com muito a temer...

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados editou no início da noite de hoje (13) o ato definindo os direitos que o presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), terá durante o seu afastamento. Cunha disporá de benefícios similares aos que a presidenta Dilma Rousseff terá durante o seu afastamento do Planalto.

De acordo com a definição da Mesa, Cunha terá direito ao salário integral de R$ 33.763, a permanecer na residência oficial, no Lago Sul (bairro nobre de Brasília), assessores, segurança, transporte aéreo e terrestre, equipe a serviço do gabinete na Câmara e assistência à saúde. O ato já foi encaminhado para publicação no Diário Oficial da Câmara. [Fonte: Agência Brasil]



Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail
imagem RSSimagem e-mail

Meu perfil no Facebook: Antonio Mello


Madame Flaubert, de Antonio Mello

Um comentário:

  1. As mesmas regalias que a presidenta Dilma tem. Collor não teve nem a metade da regalia dos dois e deveria ter servido de parâmetro. Aliás, Lula estava certo quando Collor foi afastado preventivamente:não deveria ter nenhum benefício.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado