quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Em discurso no Senado, Aécio se diz vítima de 'ardilosa armação'. Peralá, ele foi beneficiado por ela


Aécio, ontem, em sua volta ao Senado:
"Sou vítima de uma ardilosa armação, perpetrada por inescrupulosos empresários que enriqueceram às custas do dinheiro público, e não tiveram qualquer constrangimento em acusar pessoas de bem, na busca dos benefícios de uma inaceitável delação, ora suspensa em razão de parte da verdade estar vindo à tona", afirmou o senador sobre os empresários da JBS.[Fonte: UOL]


"Ardilosa armação", senador multidelatado (o mais delatado entre todos os delatados) Aécio Neves, foi a que levou à sua absolvição no Senado. Armação que envolveu o presidente Temer e seus ministros delatados e mais os senadores delatados e respondendo a processos no STF.

A ardilosa armação PMDM-PSDB foi toma lá, dá cá. Livra-se Aécio num dia, em troca, livra-se Temer no outro.

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog

Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado