quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Depois do Senado liberar Aécio, juiz, que manteve presos mulher e seu bebê de um mês, manda soltar filho de Beira-Mar


O país sob golpe vive sua nova "normalidade". Ontem, o Senado absolveu Aécio Neves e permitiu sua volta ao Senado, contrariando decisão do STF.

No mesmo dia, o ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça, concedeu liminar em habeas corpus impetrado em favor de Marcelo Fernando de Sá Costa, filho do traficante Fernandinho Beira-Mar. O ministro entendeu que a sentença ‘não demostrou, com fatos concretos constantes do processo, a necessidade da prisão preventiva’ [Fonte: Estadão].


Não vou discutir a decisão do juiz, mas ela se encaixa dentro dessa "nova normalidade". Pois esse mesmo Nefi Cordeiro, em maio deste ano, manteve presa, em cela superlotada, uma mãe de quatro filhos, sendo que um "cumpria pena com ela", pois era um bebê de apenas um mês de vida. Crime: a mulher teria roubado ovos de Páscoa para dar aos filhos e um quilo de peito de frango.

[Nefi Cordeiro negou] recurso impetrado pela Defensoria Pública de São Paulo que visava libertar uma mãe de quatro crianças de 13, 10 e 3 anos e mais um bebê de 1 mês que encontra-se com ela numa cela superlotada. 
O crime cometido por essa mãe de família foi ter furtado alguns ovos de Páscoa e um quilo de peito de frango de uma grande rede de supermercados. Sua pena, exatos três anos, dois meses e três dias. 
Para o eminente juiz, nesse caso não observa-se qualquer “evidente constrangimento ilegal” capaz de justificar um Habeas Corpus. No seu despacho, frisou: “Esta não é uma situação presente, onde as pretensões de absolvição por aplicação do princípio da insignificância, readequação da pena ou determinação do que a condenação seja cumprida em prisão domiciliar são claramente satisfativas”. [Fonte: DCM]
Enquanto isso, nessa "normalidade", Aécio volta a suas pregações morais no Senado e Adriana Anselmo Cabral, parceira do marido na roubalheira que quebrou o Rio, cumpre pena em casa para cuidar de um dos filhos, que tem 12 anos.

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog

Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado