terça-feira, 21 de novembro de 2017

Moro manda prender Jesus e bloquear bens de sua família

Juiz Sergio Moro

Não é piada. Jesus é José Antônio Jesus, ex-gerente da Transpetro.


O juiz federal Sérgio Moro determinou o bloqueio no valor de R$ 7,3 milhões, nesta terça-feira, 21, de 3 empresas e 7 investigados – entre eles, o ex-gerente da Transpetro, José Antônio Jesus, principal alvo da Operação Sothis, 47ª fase da Operação Lava Jato.

Os investigadores suspeitam de que valores foram repassados ao agente público, em benefício do PT e que, de forma independente, a mesma empresa fez repasses ao PMDB a pedido da presidência da Transpetro.

O juiz Sérgio Moro determinou a prisão temporária do ex-gerente da Transpetro. O prazo de encarceramento é de cinco dias, período que pode ser prorrogado. O magistrado também pode converter a prisão de Antonio Jesus para preventiva – por tempo indeterminado. Ele foi detido na manhã desta terça-feira, em sua residência, na cidade de Camaçari, na Bahia. [Fonte: Estadão]

Imagem mostra o bloqueio de bens da família.


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado