sábado, 18 de novembro de 2017

Record consegue em cartório prova de que homem da propina da FIFA tinha procuração da Globo para negociar direitos da Copa


Embora tenha se auto-absolvido numa auto-investigação interna, a TV Globo vai ter dificuldades de explicar como Marcelo Campos Pinto deu aval em nome da Globo para pagamento propina de US $ 15 milhões a dirigentes da FIFA e da CBF para conseguir direitos de transmissão das Copas de 2026 e 2030 não o fez em nome da Globo.

Segundo o delator Alejando Burzaco, em depoimento à Justiça dos EUA, a negociação se deu em um restaurante de Buenos Aires em março de 2013, coincidentemente o mesmo mês em que a Rede Globo fez uma procuração em cartório dando a Marcelo Campos Pinto direito de representá-la em negociações para a compra de direitos das Copas citadas.

Confira na reportagem abaixo da Rede Record, que briga com a Globo pela compra dos direitos milionários de transmissão, que não vai ser fácil usar nos Estados Unidos a justificativa de que não tem nada a ver com o caso, porque se auto-investigou e inocentou.



Leia mais no Viomundo.


Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado