quarta-feira, 25 de julho de 2018

Candidato de Temer, Alckmin escreveu a Médici elogiando o ditador: 'sensível aos problemas sociais e trabalhistas'

Charge de Hals de Alckmin no Pinheirinho

Aos 19 anos, vereador em sua cidade natal, Guaratinguetá, SP, Geraldo Alckmin enviou uma carta ao então ditador de plantão Garrastazu Médici em que dizia:

"Justa seria a providência do 3º Governo Revolucionário em favor dos funcionários civis e militares de todo o Brasil, nos âmbitos federal, estadual e municipal, em mais um ato do ínclito Presidente Médici , que tem se mostrado sensível aos problemas sociais, trabalhistas e previdenciários dos que trabalham para a grandeza do Brasil" [Fonte: Arquivos do Senado]

A personalidade autoritária de Alckmin se desenvolveu sob a influência do "ínclito Presidente Médici", momento mais cruel da ditadura cívico-militar - 1964-1985.

Daí é que vem o "tratamento especial" que ele ministra aos professores e trabalhadores e que o fez botar a polícia para desalojar covardemente cinco mil famílias no Pinheirinho.

Este é o candidato do Temer, que quer seguir governando o Brasil para dar sequência às privatizações, ao desemprego, ao lucro dos bancos e da mídia corporativa, soltando a polícia para "dialogar" com o povo.

Essa mistura de Médici com Temer não pode governar o Brasil.



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado