sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Abril (da revista Veja) quer dar calote de R$ 1,3 bi, inclusive em jornalistas e demais funcionários

Árvore da Abril cortada e caída

A editora Abril fez uma proposta aos credores do tipo pegar ou largar. Reconhece que deve R$ 1,3 bilhão a fornecedores e funcionários, mas quer perdão de 92% da dívida e pagar o resto em 18 anos com os juros da poupança, que este mês foi a zero.

A Abril, editora da revista Veja, que se especializou em ataques a Lula e ao PT, consegue ver Lula preso e o PT fora da presidência após 15 anos, mas não tem o que comemorar, pois está quebrada. Seus funcionários, muitos deles jornalistas regiamente pagos para caluniar, estão sendo demitidos aos borbotões (na última leva foram 900), sem a garantia de receber o que a empresa lhes deve.

Segundo a Folha, quem for receber só vai ver a cor do dinheiro em 12 ou 18 meses, mesmo assim após a aprovação do imenso calote - caso ocorra.
A empresa diz que vai quitar integralmente as dívidas trabalhistas até o limite de 250 salários mínimos por pessoa —o equivalente a R$ 238,5 mil. O débito seria pago ao longo de 12 meses após a aprovação do plano de recuperação.
Já aqueles funcionários cuja indenização supere esse patamar receberiam o restante nas mesmas condições dos demais credores —ou seja, apenas 8% do total em parcelas mensais durante 18 anos.

Curioso o destino da Abril: entra em quebradeira exatamente quando o estilo de jornalismo que ela melhor representou no Brasil - o das fake news, do assassinato de reputação - parece vitorioso.

Aqui no Blog do Mello fiz há tempos uma crítica à Veja a partir de uma versão paródia em cima de uma capa deles com o Marcos Valério, em que o publicitário afirmava que Lula sabia de tudo e era o chefe do chamado mensalão.

Curta aí minha versão, onde quem confessa é Civita, dono da Veja (hoje falecido), que conta toda a tramoia tucana. O jogo sujo contra Lula e os governos petistas. A sensação (agora confirmada) de que iria quebrar. À moda de Veja. Confira.

(Ah, antes que me esqueça: A família Civita toda está muito bem, riquíssima, obrigado.)


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda. Se o blog é relevante para você, considere apoiá-lo com uma assinatura. Apenas R$10

Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado