sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Governo Bolsonaro suspende construção de 17 mil casas do MCMV para população de baixa renda de 12 estados

Bolsonaro e traicional gesto da arma apontada

O esvaziamento dos programas e direitos sociais segue a todo vapor nos primeiros dias do governo Bolsonaro.

Além do desmonte do Mais Médicos, que o ministro já afirmou que vai acabar, do excesso à Universidade, que o ministro da Educação avisou que vai ser para poucos, e do projeto de Segurança de Moro, que serve apenas como licença para matar para policiais, milicianos e até maridos traídos, a nova notícia é de mais um cancelamento de construções populares no projeto Minha Casa Minha Vida, que vai sendo desmontado.

A Folha informa que o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, suspendeu contratações do Minha Casa Minha Vida.

São 17,4 mil novas unidades habitacionais que deixarão de ser construídas e estavam destinadas especialmente à população de baixa renda de 12 estados, incluindo, por exemplo, o complexo de favelas do Alemão, no Rio, e a favela Sururu do Capote, em Alagoas.


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda. Se o blog é relevante para você, considere apoiá-lo com uma assinatura. Apenas R$10

Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado