sexta-feira, 8 de março de 2019

Sergio Moro, o nome por trás dos pedidos de impeachment de ministros do STF

Moro

Não é só o do ministro Gilmar Mendes por sua participação no caso Paulo Preto divulgado aqui. 15 deputados, sendo 13 deles do PSL (o Partido Só Laranja de Bolsonaro), protocolaram no Senado (que é quem pode abrir processo de impeachment de ministros do Supremo) pedidos de impeachment dos ministros Celso de Mello, Edson Fachin, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Os bolsonaristas querem a cabeça dos ministros porque votaram a favor da criminalização da homofobia. Para eles, ser machista e homofóbico é legal e não deve ser criminalizado.

Mas, no fundo, toda essa grita é para abrir logo uma vaga no STF para catapultar o superMoro, que chegaria ao Supremo com a turma da Lava Jato para transformar o Brasil no braço jurídico da Corte dos EUA.

E o Brasil em República de Curitiba, com Yousseff no comando do Ministério da Economia.

O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado