sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Dallagnol usou imprensa para torturar investigado da Lava Jato e fazê-lo delatar


Ao contrário do que sempre afirmou, o procurador de deus usou vazamento para imprensa como arma para forçar delação


Nova fase da Vaza Jato desmente mais uma vez palavras do procurador de deus, Deltan Dallagnol, que cansou de afirmar que jamais usara de vazamentos, que a Lava Jato não vazava etc.

Diálogos divulgados pelo Intercept Brasil mostram que Dallagnol vazou, sim, para jornalista do Estadão uma informação com o intuito de desestabilizar um investigado, Bernardo Freiburghaus, apontado como operador de propinas da Odebrecht.

O nível de crueza do procurador de deus é tal, que se aproxima da tortura, já que ele confessa [confira na imagem acima], num dos diálogos vazados, que pretendia colocar o investigado "de joelhos e oferecer redenção".

Isso não é coisa de deus, para ficar na área de Dallagnol...
Outro dos procuradores da Lava Jato, Carlos Fernando Santos Lima, confirma em outro diálogo que usava vazamentos como arma.
Nem sei do que está falando, mas meus vazamentos objetivam sempre fazer com que pensem que as investigações são inevitáveis e incentivar a colaboração.
Vazamento, quebra do sigilo das investigações, tortura psicológica, operações coordenadas pelo juiz Moro, não investigação de "amigos" ou parceiros da Operação, como FHC e Silvio Santos...

Nada mais falta para que a Lava Jato seja considerada e julgada por aquilo que é: uma operação política destinada a fins políticos de interferir na vida política do país.

Leia a reportagem completa no site do The Intercept Brasil.


Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado