terça-feira, 17 de setembro de 2019

Governo Bolsonaro quer congelar salário minimo, sem aumento ou correção, por até dois anos

Charge de Cicero, que mostra magnata metendo a mão no bolso do trabalhador

Estudo da equipe de Paulo Guedes conta com a medida para economizar R$ 12,3 bilhões/ano para os cofres do governo


Como se já não bastassem os direitos trabalhistas tomados, a aposentadoria adiada e reduzida, a diminuição de verbas para a saúde, educação, cultura, lazer, agora o governo Bolsonaro está de olho no salário mínimo, que pretendem congelar por até dois anos.

Não é tão simples. Precisa de uma Emenda Constitucional. Mas isso não é problema para Bolsonaro, que está torrando bilhões agora com a compra de votos para fazer seu filho Eduardo embaixador nos EUA.

A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo e confirmada pela Folha.


Pode ser um balão de ensaio para ver a reação da população, que parece atordoada com a destruição total patrocinada pelo governo (eleito mediante fraude) Bolsonaro.

Lembremo-nos do poeta Torquato Neto:
Levem um homem e um boi ao matadouro. O que berrar primeiro é o homem. Nem que seja o boi.


Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado