sábado, 28 de março de 2020

Bolsonaro já quis explodir quartéis e Adutora do Guandu por dinheiro. Agora quer explodir o Brasil

Croqui da bomba desenhado por Bolsonaro

Bolsonaro não tem escrúpulos para conseguir o que quer


Em sua edição de 28 de outubro de 1987, a revista Veja publicou uma reportagem denunciando que o capitão Jair Messias Bolsonaro e um outro identificado apenas como Xerife iriam explodir bombas "em várias unidades da Vila Militar, da Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, no interior do Rio de Janeiro, e em vários outros quartéis".

Ele afirmou à repórter que iriam explodir bombas para "mostrar a insatisfação com os salários e criar problemas para o ministro [do Exército] Leônidas [Pires Gonçalves]". (publiquei mais sobre isso no blog aqui)

Uma dessas bombas está no croqui que ele desenhou e deixou com a repórter [reproduzido aí em cima], o que acabou gerando processo que resultou em sua expulsão do Exército. Ela explodiria a adutora do Guandu, que leva água a 80% da região metropolitana do Rio.

Agora, novamente por dinheiro, dos empresários e pastores evangélicos, Bolsonaro quer explodir outra bomba. Ao baixar medida (felizmente revogada pela Justiça) autorizando abertura de templos e comércio, Bolsonaro iria ajudar a explodir a pandemia de coronavírus no país.

"Criando problemas", como era sua intenção já em 1987, incentivou sua tropa e empresários simpatizantes saíram em carreata por vários estados brasileiros, em defesa da abertura do comércio e das indústrias.

De dentro de seus carros, sem por os pés no chão para não se contaminarem, querem botar seus empregados para trabalhar, sem se importar com a saúde deles e suas famílias. Querem um funcionamento quase normal da economia, quando o recomendado e adotado em todo o mundo é o isolamento ou distanciamento seguro, para evitar exatamente uma explosão de infectados de uma vez, o que nos levaria aos patamares de Estados Unidos, Itália e Espanha, com milhares de novos infectados e mortos diariamente.

Assim como a bomba de 1987 levou à sua expulsão do Exército, esperamos que a de agora o retire da presidência, antes que cause mal maior do que já causou ao povo brasileiro.

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado