segunda-feira, 13 de abril de 2020

Quando nos transformamos numa sociedade bovina a ponto de permitir que dancem e zombem de nossos mortos impunemente?

Montagem com Bolsonaro segurando alça de caixão

Ritual macabro na Paulista zombou dos mortos pela pandemia


Ontem, em pleno Domingo de Páscoa, feriado religioso para todos os cristão que acreditam na ressurreição do Cristo, um bando de canalhas se divertiu cantando, rindo, dançando e empunhando um caixão, num enterro que diziam simbólico do "neon-comunista" Doria, zombando dos mais de 1200 mortos pela COVID-19, que eles e o genocida Jair Mentira Bolsonaro consideram uma "gripezinha". Eles mesmos trataram de distribuir vídeos de sua ignomínia pelas redes.

Em outra rede, o presidente da Embratur Gilson Machado Neto publicou um vídeo em que o rosto do presidente Jair Bolsonaro aparece em uma montagem carregando um caixão.

Como se atreveram? Ainda mais num Domingo de Páscoa?

Quando nos tornamos essa sociedade bovina em que pessoas se sentem autorizadas a desrespeitar não apenas a ressurreição de Cristo mas os mais de 1200 mortos pela pandemia, sem medo de serem presos ou de entrarem na porrada?

Como é que não teve ninguém, polícia ou outros populares, para interromper o espetáculo macabro?

Assistam aos vídeos e me respondam: quando?



O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, publicou um vídeo nas redes sociais neste domingo em que o rosto do presidente Jair Bolsonaro aparece em uma montagem carregando um caixão:



Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado