segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Brasileiro gay, preso na mesma prisão de Assange, se mata na cela temendo ser deportado para o Brasil


A mulher, advogada e mãe de dois filhos do líder do WikiLeaks Julian Assange, Stella Moris, denunciou em seu perfil no Twitter que um brasileiro chamado Manoel Santos, colega de prisão de Assange, se matou no presídio de Belmarsh nesta segunda.
 
Manoel era gay, vivia na Inglaterra há mais de 20 anos, mas estava preso com processo para deportação para o Brasil, o que ele não queria, segundo Assange disse a sua mulher, "porque ser gay colocaria sua vida em risco" no Brasil atual.
Falei com Julian. Um amigo dele se matou nas primeiras horas desta manhã. Seu corpo ainda está na cela da asa de Julian. Julian está arrasado.

 Manoel Santos era gay. Ele viveu no Reino Unido por 20 anos. O Home Office o notificou de sua deportação para o Brasil. (Tópico)

Julian deseja expressar suas condolências aos amigos e familiares de Manoel.

 Julian me disse que Manoel era um excelente tenor. Ele ajudou Julian a ler cartas em português, e ele era um amigo.

 Ele temia ser deportado para o Brasil depois de 20 anos, ser gay o colocava em risco.

Julian espera que haja uma investigação sobre a decisão de deportação em @ukhomeoffice. Manoel estava em alto risco. Seu suicídio era previsível. Uma investigação sobre seu caso pode prevenir futuros suicídios.

As condições nas prisões do Reino Unido sob COVID também desempenham seu papel. Os presos são separados de sua rede de apoio, filhos, pais, parceiros. Eles praticamente não têm tempo fora da cela. Muitos não foram condenados, estão sob prisão preventiva ou não são violentos. Sem fim à vista. É desumano. As pessoas perdem a esperança. [Fonte]
Há temor de que Assange também venha a cometer suicídio, tais as condições em que se encontra e seu histórico de depressão, como confirmado por um médico do presídio no tribunal que julga o pedido de extradição de Assange pelos Estados Unidos.

A sentença sobre a deportação ou não de Assange será proferida em janeiro de 2021. Até lá, a vida de Assange está em risco.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado