quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Mãe de Bolsonaro é vacinada com 'vacina comunista chinesa de Dória'


Se dependesse do filho, dona Olinda Bolsonaro não teria recebido a primeira dose da vacina contra a COVID-19, que já lhe dá uma imunização em parte. É que Bolsonaro proibiu o ministro da Saúde de comprar a vacina chinesa Coronavac no ano passado.
 
Felizmente, o governo de São Paulo comprou uma quantidade da vacina e dona Olinda, que tem 93 anos, pôde se imunizar.
 
A mãe do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), Olinda Bolsonaro foi vacinada contra a covid-19 em 12 de fevereiro deste ano com o imunizante desenvolvido pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. A informação, divulgada pelo portal R7, consta nos dados oficiais do município de Eldorado, interior de São Paulo, onde a idosa mora e, segundo o próprio site, foi revelada à revelia da vontade da família.

Dados do SUS, cruzados com a da Secretária de Saúde de São Paulo mostram que apenas 26 pessoas foram imunizadas na data em que dona Olinda se apresentou ao posto de saúde - todas elas com a Coronavac. Apenas 50 moradores receberam o imunizante da AstraZeneca, cujo estoque findou três dias antes da vacinação da mãe do presidente, que, com 93 anos, integra o grupo prioritário para vacinação previsto no Plano Nacional de Imunização (PNI). O fato chama a atenção, uma vez que o presidente Bolsonaro, por meses, promoveu uma forte campanha contra a "vacina chinesa".

Quatro meses antes de a imunização da mãe ocorrer, em outubro de 2020, o presidente afirmou em transmissão ao vivo nas redes sociais que o Brasil não a compraria, mesmo que ela fosse aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “A (vacina) da China nós não compraremos, é decisão minha. Eu não acredito que ela transmita segurança suficiente para a população. Esse é o pensamento nosso”, declarou à época. [Correio Braziliense]


Se dependesse do filho, dona Olinda estaria como 97,5% dos brasileiros, sem vacina e na mira do vírus, que já matou mais de 240 mil.

Será que a mãe pediu autorização ao filho, que já disse que a vacina poderia transformar a pessoa em jacaré? Ou ela sabe que o que vale para os brasileiros não vale para a famiglia?



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.