quarta-feira, 7 de julho de 2021

Em vídeo, Lula defende liberdade de Assange e indica seu nome ao Nobel da Paz


Em janeiro, a juíza britânica Vanessa Baraitser negou pedido de extradição do líder do WikiLeaks Julian Assange feito pelos Estados Unidos. No entanto, a juíza não permitiu que Assange fosse posto em liberdade, já que a acusação recorreu de sua decisão.
 
Por isso, Assange continua preso numa prisão de segurança máxima, em meio a uma pandemia, mesmo sem ter cometido crime algum, apenas aguardando o desfecho de seu caso.
 
Sábado passado, Assange completou 50 anos, longe da mulher, dos dois filhos pequenos e dos amigos. Há 10 anos é perseguido por ter denunciado crimes de guerra dos Estados Unidos e aliados.
 
O ex-presidente Lula dá um depoimento emocionado em favor da liberdade imediata de Assange, faz uma acusação aos Estados Unidos pela perseguição judicial e lança o nome de Assange ao Nobel da Paz.






Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos



Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.