domingo, 16 de janeiro de 2022

Djokovic é barrado no Aberto da Austrália e expulso do país em dura derrota para os antivax

A Justiça australiana não atendeu ao pedido da defesa do tenista sérvio Novak Djokovic (genialmente apelidado de Novax Djocovid) e não apenas proibiu a participação do tenista no Aberto da Austrália como determinou sua imediata deportação do país.
 
Djokovic talvez seja o maior tenista de todos os tempos, mas também é antivax e com posições assumidas de direita. 
 
Mentiu ao chegar ao país, alegando que havia tido COVID no dia 16 de dezembro e solicitando o visto sem necessidade de vacina.
 
Só que os documentos apresentados eram fake, fotos mostraram o tenista confraternizando com pessoas (inclusive crianças) no período em que se disse infectado, e as datas da infecção e cura conflitantes..
 
É uma dura derrota para os antivax do mundo, que têm no tenista um ídolo negacionista.
 
A maioria dos australianos foi quem deu o "ace" certeiro para eliminar o sérvio, já que foram às ruas protestar contra um possível visto temporário a ele, quando a população vive sob uma das mais severas restrições para combater a pandemia.
 
O visto chegou a ser concedido, depois cassado, novamente concedido, e agora finalmente negado. 
 
Djokovic já deixou o país.






Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos



Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.