quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022

Ucrânia inverte frase de Marx: lá, a história se repete, a primeira vez como farsa, a segunda como tragédia


A famosa frase de Karl Marx em complemento a Hegel é “a história do mundo ocorre, por assim dizer, duas vezes: a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”.

Volodymyr Zelensky, o comediante que virou presidente da Ucrânia inverteu a frase. O que começou como uma farsa pode transformar em tragédia para o povo ucraniano.

Zelensky é um comediante muito popular na Ucrânia, que fazia sátira de políticos. Em seu programa, ele se lançou candidato e virou presidente, prometendo uma nova política, sem corrupção etc., talquei?

Não satisfeito em virar presidente em seu programa de humor, Zelensky aproveitou a popularidade e se candidatou a presidente com o mesmo discurso do comediante. E se elegeu.

Que ele não abandonou a veia de comediante fica claro na resposta no Twitter oficial da Ucrânia ao envio de tropas russo: a charge que ilustra a postagem em que Hitler acaricia Putin, como que aprovando a decisão russa.

No entanto, Zelensky é que é fortemente apoiado por grupos neonazistas, capitaneado pelo "Movimento Azov, organização paramilitar integrada por células neonazistas e acusadas de crime de guerra nos confrontos na região separatista de Donbas. Tortura, saques, estupros, limpeza étnica e perseguição a judeus e homossexuais são alguns dos delitos atribuídos ao movimento".

O Azov é a principal força de resistência nas bordas da região separatista de Donbas. O local é palco dos confrontos no extremo-leste ucraniano, onde dois territórios se declaram independentes, a República de Donestk e a República de Lugansk, reconhecidas por Putin na terça-feira 22. O Azov arma e treina ucranianos na região de Mauripol e arredores, na cidade litorânea retomada dos separatistas, os integrantes do grupo são tratados como heróis. [CartaCapital]
O Azov usa ostensivamente a suástica nazista. É a eles que se referiu Putin em trecho do seu discurso em que explicou o envio de tropas à região:
"As repúblicas do Donbass nos procuraram e pediram ajuda. O objetivo [da "operação militar especial] é proteger o povo do abuso e do genocídio a que ele vem sido submetido pelo regime de Kiev. Para isso, vamos buscar desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia, e levar à justiça aqueles que cometeram numerosos crimes sangrentos contra um povo pacífico, incluindo cidadãos russos", disse Putin. [Folha]

É parte da verdade, mas não é a verdade toda. Porque o interesse principal de Putin é de não permitir o ingresso da Ucrânia na União Europeia e, principalmente, na OTAN, o que praticamente cercaria a Rússia de exércitos aliados dos EUA.

Repare no gráfico abaixo, como a Rússia vem sendo cercada pela OTAN, com novos membros sendo acrescentados desde o fim da antiga União Soviética.



Putin age agora como os Estados Uniram na década de 1960 com chamada Crise dos mísseis de Cuba. Os EUA ameaçaram guerra total caso os mísseis soviéticos fossem colocados em Cuba, a menos de 150 km da fronteira de Miami.

É o que Putin está fazendo agora.

Assine o Blog do Mello





Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos



Recentes:


Um comentário:

  1. É natural que Vladimir Putin não tenha confiança no Ocidente (que pretende cercá-lo por países da NATO).
    .
    [pois é: o Ocidente (XX-XXI) está a um 'nível' bem bem bem pior que Vladimir Putin!]
    .
    Europeu-do-sistema XX-XXI: um vizinho nada recomendável no planeta: um cidadão de Roma que quer estar no planeta sem trabalhar para a sustentabilidade... e que quer comer-nos por parvos!
    .
    --> Boys e girls (Merkel, Sarkozy, etc) do pseudo-acolhimento devem SER JULGADOS POR CRIMES CONTRA A HUMANIDADE.
    [estiveram em conluio, quer com a destruição de economias, quer com o massacre de milhões de pessoas]
    .
    .
    Exemplo 1:
    - Merkel (etc) bloqueiam a investigação à forma como chegam armas a 'grupos rebeldes' que... não possuem fábricas de armamento!
    .
    Merkel (etc) estão preocupados é em acusar de '''RACISTAS'''/xenófobos os Identitários separatistas que dizem o óbvio:
    - «a recepção de refugiados faź parte do negócio... os países aonde são produzidas as armas utilizadas pelos 'grupos rebeldes' é que têm de pagar a ajuda aos refugiados».
    .
    [É isso: a máfia do armamento fornece armas a 'grupos rebeldes' (sim: os 'grupos rebeldes' não possuem fábricas de armamento!) para lucrar, não apenas com a venda de armas, mas também com o acesso a recursos naturais de baixo custo (petróleo, etc)... e mais, refugiados são deslocados para locais aonde existem investimentos interessados em negócios de abundância de mão-de-obra servil].
    .
    .
    Exemplo 2:
    O europeu-do-sistema XX-XXI (procurando ter acesso a uma panóplia de fornecedores de abundância de mão-de-obra servil) bloqueia a introdução da Taxa-Tobin.
    .
    Pois: o europeu-do-sistema está preocupado é em acusar de 'RACISTAS'/xenófobos os Identitários separatistas que dizem o óbvio:
    - «num planeta aonde mais de 80% da riqueza está nas mãos dos mais ricos, que representam apenas 1% da população, quem deve pagar a aos povos mais pobres é a Taxa-Tobin, e não a degradação das condições de trabalho da mão-de-obra servil de outros povos».
    .
    .
    .
    .
    O 'problema' do europeu-do-sistema XX-XXI não é Identidade... mas sim, cidadanismo de Roma.
    .
    O cidadão de Roma XX-XXI CONTINUA IGUAL ao cidadão de Roma de há 2000 anos atrás!
    .
    O cidadanismo de Roma tem duas vertentes:
    1- ódio tiques-dos-impérios: ódio a povos autóctones dotados da Liberdade de ter o seu espaço.
    2- projectar uma economia de índole esclavagista: projectar uma economia com o pressuposto da existência de outros como fornecedores abundância de mão-de-obra servil..
    .
    .
    .
    .
    Separatismo Identitário na Europa:
    - NA ORIGEM DA NACIONALIDADE ESTEVE O IDEAL DE LIBERDADE IDENTITÁRIO ("ter o seu espaço, prosperar ao seu ritmo")... não esteve... o cidadanismo de Roma.
    .
    .
    .
    SEPARATISMO-50-50
    ---» Todos Diferentes, Todos Iguais... isto é: todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» INCLUSIVE as de rendimento demográfico mais baixo, INCLUSIVE as economicamente menos rentáveis.
    .
    -» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com
    .
    .
    .
    .
    P.S.
    QUE SE ENTENDAM!
    Os supremacistas demográficos (africanos, etc) que se entendam com os seus aliados: o europeu do cidadanismo de Roma:
    -> é isso: não-nativos naturalizados europeus renegam o Ideal de Liberdade que esteve na origem da nacionalidade... que se entendam... com os europeus do cidadanismo de Roma: vulgo boys e girls das sabotagens sociológicas (substituições populacionais, holocaustos massivos, etc) anti-intenções identitárias que prejudicam negociatas de índole esclavagista.
    OS IDENTITÁRIOS QUEREM LIBERDADE/DISTÂNCIA/SEPARATISMO DESSE PESSOAL.
    .
    .
    P.S.2.
    O que há a dizer aos supremacistas demográficos... é simples e óbvio:
    - possuem imensos, imensos, territórios ao seu jeito!...
    - não sejam nazis!!!
    - ou seja: aceitem a existência de outros!!!
    Resumindo: os 'globalization-lovers', UE-lovers, etc, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.