sábado, 10 de dezembro de 2022

'Estamos criando um monstro' — técnico René Simões sobre o jovem Neymar, então com 18 anos

O ano é 2010. Neymar começava sua carreira profissional no Santos, na época dirigido por Dorival Júnior. Tinha 18 anos e todas as características de que poderia vir a ser um grande craque de futebol. E um grande problema também.

Naquela época, ele podia ser, até pela idade, o menino Ney. Mas já era arrogante, prepotente e mimado como hoje. Havia perdido uns quatro pênaltis, quando Dorival Júnior trocou o batedor do Santos e pediu a Neymar que treinasse mais as cobranças para voltar a ser o cobrador oficial.

Só que, num jogo do Santos, o juiz marca um pênalti e Neymar, para espanto até de seus companheiros de clube, botou a bola debaixo do braço para cobrar o pênalti. Dorival proibiu que ele cobrasse e Neymar, inconformado, xingou o treinador, o que provocou irritação no também técnico René Simões, que, naquela época, profetizou:

"Hoje, estou extremamente decepcionado com uma coisa que vi. Trabalho desde garoto no futebol e nunca tinha visto alguém tão mal-educado como esse rapaz, o Neymar. Estamos criando um monstro no futebol brasileiro. Ele se julga o senhor todo-poderoso dentro de campo; ninguém pode fazer nada", esbravejou Renê.

René Simões hoje está aposentado, mas foi técnico de inúmeros clubes no Brasil e no exterior (inclusive teve a honra de dirigir meu Botafogo), seleção da Jamaica na Copa de 2010, seleções brasileiras sub-17 e sub-20,  e seleção brasileira feminina.

Assista ao vídeo profético de René Simões em 2010.


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda, se quem puder e o achar relevante apoiá-lo com uma assinatura. A partir de R$10

Assine o Blog do Mello



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.