sábado, 28 de julho de 2007

Relatório de manutenção da equipe tantã

Após cada vôo, pilotos preenchem um formulário, comunicando aos mecânicos em terra qualquer problema que o avião tenha apresentado durante o vôo. Os mecânicos o lêem e corrigem o problema, e, na metade inferior do formulário, descrevem a solução adotada. O piloto revê o relatório antes do vôo seguinte.

Recebi este a seguir, que só pode ser de uma companhia tantã. (No texto, P é o problema acusado pelo piloto e S, a solução adotada pelo engenheiro em terra)

P: Pneu esquerdo principal interno quase precisando de substituição.
S: Pneu esquerdo principal interno quase substituído.

P: Teste de vôo OK, exceto pelo piloto automático, que pousa mal o avião.
S: Piloto automático não instalado nessa aeronave.

P: Alguma coisa está solta no cockpit.
S: Alguma coisa foi apertada no cockpit.

P: Besouros mortos no pára-brisa.
S: Besouros vivos já encomendados.

P: Piloto automático não mantém nível, produzindo ascensão de 200 pés por minuto.
S: Não pudemos reproduzir o problema no solo.

P: Evidências de vazamento na engrenagem principal de pouso.
S: Evidências removidas.

P: As travas de fricção estão prendendo os controles.
S: É para isso que servem as travas de fricção.

P: IFF inoperante.
S: IFF sempre inoperante quando DESLIGADO.

P: Suspeitamos de trinca no pára-brisa.
S: Suspeitamos de que vocês estejam certos.

P: Turbina número 3 perdida.
S: Após breve busca, turbina número 3 localizada na asa direita.

P: A aeronave se comporta de modo engraçado.
S: A aeronave foi advertida para se comportar, voar direito e ficar séria.

P: O radar faz ruído fora de tom.
S: Radar reprogramado para executar cantos líricos.

P: Rato no cockpit.
S: Gato prontamente instalado.

(Apenas uma observação, ou um aviso aos mais distraídos. Este texto – que me foi enviado - é obviamente ficcional. As companhias de aviação jamais teriam uma manutenção desse tipo. Os aviões custam caro demais)

Clique aqui e receba gratuitamente o Blog do Mello em seu e-mail

Um comentário:

  1. Anônimo28.7.07

    Essa é bem historia da caserna. Mto boa. "Historias" que só tua tribo conta.

    Num belo dia de sol um sargento chega pra dar uma aula de basquetebol. Vê a quadra, observa atentamente e se pronuncia: "Primeiro, existem dois tipos de dimensões no basquete,as grandes (NBA imagino) e as pequenas. Essa quadra por exemplo é media!"

    ResponderExcluir

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.