quinta-feira, 25 de julho de 2013

'Choque de ordem' no México: Fiscal humilha menino de apenas 10 anos, que vendia cigarros e balas nas ruas

No Rio existe a Operação Choque de Ordem, que costuma perseguir camelôs, aqueles vendedores de rua que oferecem as mais diversas mercadorias à população. Agem com vendedores de frutas, flores ou outras mercadorias, geralmente com a truculência de quem se sente "otoridade".

Mas, no México, a truculência e insensibilidade se juntaram para que um fiscal (da "órdi") humilhasse um menino de 10 anos, que num pequeno cesto, vendia cigarros, balas, drops etc. No vídeo, o fiscal parece dizer que o menino estava vendendo cigarros (o fiscal tem dois maços na mão), o que provavelmente é proibido, por ele ser menor de idade.

Mas o homem não se contentou em confiscar os maços do menino. Resolveu humilhá-lo, para que ele reconhecesse a "órdi" em que vive e aprendesse a abaixar a cabeça à "otoridade". Fez com que o menino jogasse no chão toda a mercadoria que trazia, sem motivo algum. O menino cumpre a ordem chorando sem parar.

A ação foi filmada e revoltou o México. São quase um milhão de visualizações.

O menino se chama Manuel, é órfão e vive com uma tia, numa comunidade de nativos.




[Fonte]


Um comentário:

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.