quinta-feira, 5 de outubro de 2017

PF prende Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB. Está chegando a hora de Ricardo Teixeira


A Polícia Federal prendeu hoje pela manhã o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro Carlos Arthur Nuzman. Ele é acusado, junto com o ex-governador Sergio Cabral, de participar de um esquema que teria corrompido eleitores para a escolha do Rio como sede das Olimpíadas de 2016.

Bom, essa é uma das muitas acusações contra Nuzman, que pipocavam aqui e ali nas redes e na mídia oficial, e também nas conversas entre grupos de amigos e colegas de trabalho.


Assim como todo mundo "sabia" da corrupção desenfreada de Sergio Cabral (sem imaginar que a realidade fosse ainda maior que as especulações), sempre se "soube" das armações de Nuzman e de seu homólogo na CBF, o ex-presidente Ricardo Teixeira, outro que é acusado de corrupção, desde que surgiu na visa pública.

Hoje chegou a vez de Nuzman. Quando vai chegar a de Ricardo Teixeira?

É certo que, em favor de Teixeira e contra o país, existe a relação umbilical dele com a Rede Globo. Se ele espirrar, a Globo pega pneumonia. Por isso Ricardo Teixeira ainda continua longe da cadeia. Mas, até quando?

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado