segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Para burlar proibição de álcool na Nova Zelândia, bebuns constroem ilha e se declaram em 'águas internacionais' pelo direito de encher a cara

Imagem da 'ilha dos bebuns' em Coromandel, Nova Zelândia

A rebeldia contra atitudes arbitrárias encontra várias formas de se manifestar. Em Coromandel, na Nova Zelândia, um grupo de bebedores inventou mais uma.

À absurda proibição de ingerir bebidas alcoólicas durante as festas de final de ano, alguns moradores aproveitaram a maré baixa e construíram um fortificado castelo de areia, que se transformou numa pequena ilha quando da subida da maré [ver imagem].

Bastou a partir daí declarar que estavam em águas internacionais, trazerem uma pequena mesa, bancos, gelo e bebida e a festa estava feita. Beberam a noite toda, curtindo a vista dos fogos da ilha.

Ainda estavam lá pela manhã, quando a foto foi feita.

Como Nova Zelândia não é Brasil, a prefeita da cidade e o chefe de polícia local deram declarações bem humoradas sobre a "ilha dos bebuns".

A prefeita elogiou a criatividade e disse que essa era uma característica do povo de Coromandel. O inspetor chefe disse que se soubesse antes teria se juntado a eles.

Imagina a tropa do Alckmin, por exemplo (mas poderia ser qualquer de nossas PMs) reagindo a esse "desacato das otoridades"...

Fonte: Stuff



Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado