segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Moro tem solução para caso do cheque para mulher de Bolsonaro. Vai demitir presidente do Coaf, que denunciou tudo

Moro

Está certo que ainda não é hora de ele mandar investigar. Afinal, só assume a pasta da Justiça em janeiro, junto com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Mas não é por isso que Moro deixaria de dar suas opiniões sobre o caso.

Sobre a estranha transferência de R$ 24 mil do motorista Queiroz para a mulher de Bolsonaro, Michele, que teria sido num cheque ou em vários de R$ 4 mil (Queiroz até hoje, após quase duas semanas, ainda não achou que era hora de dar alguma satisfação ao distinto público), Moro tem opinião formada:
“Sobre o relatório do Coaf sobre movimentação financeira atípica do sr. Queiroz, o sr. presidente eleito já esclareceu a parte que lhe cabe no episódio. O restante dos fatos deve ser esclarecido pelas demais pessoas envolvidas, especialmente o ex-assessor, ou por apuração.”
Quanto ao Coaf, órgão que trouxe a público o esquema milionário de Queiroz, Moro tem a solução: vai trocar o atual presidente e nomear em seu lugar o auditor fiscal Roberto Leonel, coordenador da área de investigação da Receita Federal no Paraná.

[Com informações da BBC e IstoÉ]


O Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda. Se o blog é relevante para você, considere apoiá-lo com uma assinatura. Apenas R$10

Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento

Clique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos

Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado