quinta-feira, 4 de abril de 2019

Ministro da Saúde confirma fim do Mais Médicos

Cartaz avisando da falta de médicos

O governo do presidente (eleito mediante fraude) Jair Bolsonaro começou a exterminar o programa Mais Médicos ainda antes da posse, quando deu declarações que levaram o governo cubano a chamar de volta seus médicos que trabalhavam no programa no Brasil.

No princípio, o governo dizia que era apenas para tirar os cubanos. Mas, agora, o que se vai vendo é que o programa está sendo desmontado, cada vez com Menos Médicos.

Somente desde o início do governo para cá, 1052 médicos abandonaram o programa, deixando sem assistência médica especialmente as pessoas mais pobres de povoados distantes.

O objetivo é acabar com o Mais Médicos, segundo o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Em audiência no Senado, o ministro disse que a previsão é enviar ao Congresso um novo projeto para substituir o Mais Médicos ainda neste mês. [Fonte: Folha]

Os doentes das cidades distantes, como os tucanos para Moro, "não vêm ao caso"...

Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem propaganda.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado