quarta-feira, 5 de junho de 2019

Polícia foi duas vezes atrás de Neymar esta semana na Granja Comary . Mas, e o Queiroz?

Cartaz de procura-se com Queiroz dentro de uma laranja

Com seu apoio o Blog do Mello é e vai continuar a ser de livre acesso a todos, e sem popups de propaganda



No domingo, a Polícia Civil foi à Granja Comary, em Teresópolis, RJ, na concentração da seleção brasileira de futebol, atrás de Neymar para que o jogador prestasse esclarecimentos sobre as acusações de estupro, agressão e exposição de imagem na internet de que é alvo. Não o encontraram e voltaram na segunda.

Já o Queiroz há seis meses brinca de gato e rato com a polícia e até o momento não é importunado. Como a Conceição da antiga canção de Cauby, ninguém sabe, ninguém viu por onde anda o homem acusado de chefiar a divisão de dinheiro do gabinete do 01, senador Flávio Bolsonaro, filho do 00, presidente (eleito mediante fraude) Jair.

O Brasil quer saber: cadê Queiroz? Quando ele vai ser levado a prestar depoimento para explicar sua incrível movimentação financeira, inclusive por que pagou quase R$ 140 mil em dinheiro de sua cirurgia no hospital Abert Einstein.

Neymar tem que depor, mas o Queiroz também. E o caso no Neymar é da semana passada, enquanto o do Queiroz completou seis meses, entre dancinha no hospital e declaração de advogados.

Leia também:
Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado