quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Outros porteiros do condomínio de Bolsonaro trazem novas informações sobre o caso da casa 58

Bolsonaro no condomínio na Barra

  Colegas dão razão às informações do porteiro do caso



O jornalista Luís Nassif em seu blog traz novas informações sobre o caso do porteiro do condomínio onde têm casa o presidente Bolsonaro (casa 58) e o homem apontado como assassino de Marielle e Anderson, Ronnie Lessa (que tem duas numerações, 65 e 66).

O porteiro teria afirmado que o motorista envolvido no assassinato de Marielle e Anderson, Elcio Queiroz, foi ao condomínio no dia do crime e disse que se dirigia à casa de Jair Bolsonaro.

O Ministério Público afirma que o porteiro mentiu em seus depoimentos, no entanto, outros porteiros do condomínio disseram que a ligação teria sido feita para Bolsonaro mesmo.

Outra informação importante é que o condomínio não tem interfone. O porteiro pede a autorização ao proprietário via celular. Portanto, Bolsonaro poderia dar autorização mesmo em Brasília.

Carlos Bolsonaro, que alegara estar na Câmara do Rio, estava no condomínio, segundo os porteiros ouvidos.

Não foi ouvido o porteiro do dia porque se encontra de férias.
  1. O condomínio abriu mão de interfones, por ser caro e por problemas de instalação. Optou-se por telefonar ou para o celular ou para o telefone fixo de cada proprietário.
  2. No caso de Bolsonaro, as ligações são para o próprio celular de Bolsonaro. E é ele quem atende. O que significa que a versão do porteiro não era descabida. Ou seja, o fato de estar em Brasília não o impedia de atender o telefone.
  3. Carlos Bolsonaro, o Carluxo, também recebe os recados pelo celular. Em geral, fica pouco no condomínio, pois prefere permanece em seu apartamento na zona sul. Mas porteiros ouvidos por moradores sustentam que, naquele dia, ele estava no condomínio.
  4. O porteiro do depoimento está de férias. Mas moradores do condomínio foram, por conta própria, conversar com os demais porteiros. E eles garantiram que a ligação foi feita para Bolsonaro mesmo. [Nassif]
Será que Bolsonaro abriria mão do sigilo de seu telefone (o que está registrado na portaria do condomínio) para perícia?

O caso merece uma investigação aprofundada. Mas será que sob Moro e o novo PGR, Aras, isso será possível?

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado