quinta-feira, 10 de outubro de 2019

WhatsApp confirma envio massivo de mensagens nas eleições por empresas. Havan é uma delas. Falta mais o quê, TSE?

aRTE COM DIRETOR DO dATAFOLHA E wHATSaPP

Confirmação do envio massivo de mensagens por executivo do WhatsApp pode anular eleições no Brasil


Todo mundo sabe quem Luciano Hang, o Véio da Havan, apoia e apoiou nas eleições presidenciais do ano passado. Ele foi multado pelo TSE por impulsionar postagem em favor de Bolsonaro no Facebook. Ameaçou de demissão funcionários que não votassem em Bolsonaro. Apareceu em vídeo com outro empresário dizendo para que houvesse um esforço dos demais empresários para que Bolsonaro fosse eleito em primeiro turno, "pra economizar nosso dinheirinho" (prática que é ilegal).

Agora, o WhatsApp confirma o envio de milhões de mensagens ilegalmente pelo aplicativo nas eleições do ano passado. Entre as empresas envolvidas, a Havan.

O que falta mais ao TSE para juntar lé com cré e anular as eleições, cassar a chapa do presidente (eleito mediante fraude) Jair Bolsonaro e convocar novas eleições?

Abaixo, trecho do vídeo com executivo do WhatsApp.





Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado