sábado, 28 de março de 2020

A realidade sobre o auxílio de R$ 600, que pode chegar a R$ 1200. Bolsonaro ainda não assinou

Contando dinheiro


Medida só terá valor após assinatura presidencial


Compreensivelmente, muita gente está ávida para saber como por a mão nos R$ 600 ou até R$ 1200 por mês aprovados pela Câmara ontem como auxílio emergencial para trabalhadores autônomos, desempregados e microempreendedores de baixa renda, em meio à pandemia da COVID-19.

Deputados e até Bolsonaro já estão faturando em cima do auxílio.

Porém, ai, porém (como num antigo samba), a medida ainda não está valendo. Precisa ser votada e aprovada no Senado, onde está prevista ser votada na segunda. Só depois vai para a aprovação de Bolsonaro. Quando ele assinar, se o fizer (da cabeça dele pode-se esperar qualquer maldade contra os menos favorecidos), a medida vai ficar valendo.

Depois disso, você sabe, vem a burocracia... Aí...

Ajude o Mello a tocar o blog. Faça uma assinatura. É seguro, rápido e fácil
Sua assinatura faz a diferença e ajuda a manter o blog
Apenas R$ 10. Todos os cartões são aceitos. Você pode cancelar a assinatura a qualquer momento




Recentes:

Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
(Apenas Assinantes)

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado