quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Não é de agora que Moro é mau juiz. STF anula sentença dele da década de 90 por 'quebra de imparcialidade'


Embora ainda seja o queridinho da mídia corporativa e principal candidato da Globo às eleições presidenciais de 2022, o "herói da Lava Jato" sempre foi parcial em suas decisões, como mostra recente decisão do STF que anulou uma sentença do juiz da década de 90, do famoso caso Banestado.
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (25) anular uma sentença proferida pelo ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, no caso Banestado, esquema de corrupção ocorrido na década de 1990. 
A decisão ocorreu porque o colegiado entendeu que houve quebra de imparcialidade de Moro ao julgar um recurso do doleiro Paulo Roberto Krug. 
Segundo os ministros, o ex-juiz agiu de forma irregular ao colher depoimentos durante a verificação da delação premiada de Alberto Youssef, e ao juntar documentos aos autos depois das alegações finais da defesa. As informações foram publicadas pelo portal G1.
Anexar documentos após as alegações finais da defesa foi o que Moro fez também em relação ao ex-presidente Lula. Por isso, a defesa de Lula pediu a anulação do processo e ela deve ser atendida pelo STF como aconteceu com essa do caso Banestado.



Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado