quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Preço do arroz disparou e ele sumiu das prateleiras? A culpa é do Bolsonaro


Bolsonaro não é culpado pela pandemia. Mas é o culpado pela sua má administração e milhares de mortes poderiam ser evitadas se ele não defendesse a economia antes da saúde, a palavra de Trump sobre a cloroquina diante do mundo científico que nega a eficácia da droga. Se ele não colocasse à frente da pasta um general que não entende nada da área e cuja grande obra conhecida foi ter posto um soldado de castigo puxando uma carroça como burro diante dos demais recrutas.

Bolsonaro é culpado, quando veta artigos que auxiliariam os indígenas no combate à pandemia, porque seu objetivo é exterminá-los cultural ou fisicamente, o que vier primeiro. O importante para Bolsonaro é explorar suas terras com soja, gado, mineração, garimpo.

Mas também Bolsonaro e seu ministro da Economia, Guedes, são incompetentes. Gente que não sabe o básico da administração de um país, o que fica exposto agora com a crise do arroz, que, covarde como sempre, Bolsonaro quer jogar nas costas dos supermercados, que são a última ponta da linha de produção do produto.

No GGN do Nassif fica exposta a incompetência do governo, que não fez o dever de casa, que seria manter um estoque regulatório de arroz, que é um produto básico na alimentação do brasileiro, e que eles deixaram ao deus dará.

Com o aumento da exportação e a entressafra, o produto subiu de preço e sumiu das prateleiras e já há supermercados limitando a compra do produto por clientes.


O gráfico acima mostra o estoque de arroz nos últimos anos. Desde Temer (o último ano de Dilma não conta, porque ela não pôde administrar o país, bloqueada por Cunha no Congresso, e mesmo assim era quatro vezes superior a Temer e Bolsonaro), o estoque só fez cair e com a dupla Bolsonaro-Guedes foi ao chão.

Portanto, quando chegar ao supermercado e não tiver arroz e o que tiver custar os olhos da cara, não culpe o supermercadista. A culpa é do Bolsonaro.




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado