quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Brasil de Lula vacinou 81 milhões de brasileiros contra H1N1 em 3 meses, recorde mundial. Mas, era só tirar o PT...


Enquanto assistimos ao triste espetáculo de um presidente em favor do vírus comandando o general Cloroquina, que bate cabeça no comando do ministério da Saúde e deve dar um prejuízo ao país de quase R$ 300 milhões em testes antiCOVID comprados mas não distribuídos, vale lembrar que o Brasil já teve um presidente que comandou um esquema de vacinação que bateu recorde mundial.
 
Foi em 2010. Em apenas três meses, de março a junho, o Brasil vacinou 81 milhões de brasileiros contra a H1N1, com o mesmo método de vacina injetável necessário para a COVID-19.
 
Só que tínhamos um estadista na presidência, Lula, e, no comando do ministério da Saúde, José Gomes Temporão, um médico sanitarista, com mestrado e doutorado em Saúde Pública. 
 
Enquanto hoje temos no comando do país um ex-capitão expulso do Exército, considerado mau soldado pelo presidente general Geisel, totalmente perdido com a derrota de seu comandante Trump nos EUA, e no comando da Saúde o general Cloroquina, que só diz saúde para saudar espirro.
 
Naquele ano, ao vacinar 42% da população brasileira em três meses, o Brasil foi o país que mais vacinou em termos de percentual da população total, superando o índice alcançado por países como Estados Unidos (26%), México (24%), Suíça (17%), Argentina (13%), Cuba (10%), França (8%) e Alemanha (6%). A vacinação contra a gripe H1N1 foi também a maior já ocorrida no mundo, ultrapassando a vacinação contra a rubéola realizada no país, que alcançou 67 milhões de pessoas, em 2008, também no governo Lula. [Fonte]

Com mais de 182 mil mortos, rumando acelerado para os 200 mil, e sem perspectiva de vacina, fica a lição para aqueles que votam alimentados pela mídia corporativa e/ou alimentados por fake news de redes sociais, em vez de pensar no "dado concreto", como dizia Lula, do quanto melhorou sua vida nos períodos dos governos do PT, em comparação aos anteriores e a este funesto governo genocida atual.




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui

Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos




Recentes:


Assine a newsletter do Blog do Mello.
É grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Gostou muito? Comente também. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, divulgando-o ou com uma assinatura mensal (apenas R$ 10) clicando aqui: https://pag.ae/7UhFfRvpq ou uma doação direto na conta: Banco do Brasil. Antonio Mello agência: 0525-8 conta: 35076-1
Obrigado