quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Tribunal Penal Internacional começa a analisar crimes contra a humanidade cometidos por Bolsonaro


Foi entregue nesta quarta-feira, 9, ao Tribunal Penal Internacional em Haia, Holanda, uma cópia do relatório final da CPI da COVID, em que o presidente Jair Bolsonaro (principal aliado do coronavírus no país) é o personagem principal numa série de crimes elencados:
Prevaricação, charlatanismo, epidemia com resultado de morte, infração a medidas sanitárias preventivas, emprego irregular de verba pública, incitação ao crime, falsificação de documentos particulares, crime de responsabilidade e crimes contra a humanidade. 
A partir da análise do relatório, o TPI deve começar um processo investigatório que pode levar o procurador, o britânico Karim Kahn, a denunciar ou não Bolsonaro. 
 
O processo no TPI tem a vantagem de tornar inútil a Bolsonaro fugir do Brasil para evitar a punição. Condenado no Tribunal, Bolsonaro pode ser preso em qualquer lugar do planeta, como já aconteceu com outros genocidas como ex-líder político dos sérvios bósnios Radovan Karadzic, condenado à prisão perpétua em 2019, e o ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic, que morreu na prisão em Haia.
 
Haia ou Papuda, o importante é que Bolsonaro pague por seus crimes. 
 




Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos



Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.