quinta-feira, 3 de março de 2022

Há 4 anos, Trump antecipou o motivo da guerra: o gás russo. E o lado da Rússia?

A imagem acima e o vídeo abaixo mostram os dois lados do conflito Rússia vs EUA (porque é disso que se trata, OTAN é o braço dos EUA na Europa).

Os Estados Unidos, maior exportador de gás natural do mundo, reclamavam com Trump em julho de 2018 da excessiva dependência da Alemanha do gás russo —70%. 

E adivinhe: a Rússia é o segundo maior exportador de gás natural do mundo e inauguraria agora o gasoduto Nord Stream 2, que levaria gás natural da Rússia diretamente à Alemanha.

Já Putin reclama do cerco da OTAN, que engoliu países que antes formavam a Cortina de Ferro, aliados da antiga União Soviética.

O problema é que a OTAN é uma organização militar, o que implica em soldados e armas nesses países, fronteiriços da Rússia. A Ucrânia pleiteou sua entrada na OTAN e isso Putin disse que não poderia permitir, já que a Rússia estaria totalmente cercada, com mísseis da OTAN (leia-se EUA) na sua fronteira.

Na noite desta quarta-feira, o presidente dos EUA Joe Biden disse em discurso que uma proibição ao petróleo e ao gás da Rússia “não está descartada”.

Bom, se o segundo maior fornecedor (Rússia) não puder vender, o primeiro (EUA) vende, of course.

E há 10 dias, Biden autorizou o envio de 350 milhões de dólares em "auxílio emergencial para a defesa" da Ucrânia, o que significa 350 milhões de dólares em vendas para a indústria de guerra dos EUA.


Assine o Blog do Mello





Para receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsApp clique aqui
Você vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos



Recentes:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente. Encontrou algum erro? Aponte.
E considere apoiar o blog, um dos poucos sem popups de anúncios, que vive apenas do trabalho do blogueiro e da contribuição dos leitores.
Colabore via PIX pela chave: blogdomello@gmail.com
Obrigado.